fundo_banner_casoteca

PRÁTICAS VENCEDORAS DO SELO 2018

SELO FBSP DE PRÁTICAS INOVADORAS

O Selo FBSP é uma iniciativa do Fórum Brasileiro de Segurança Pública que tem como objetivo reconhecer práticas com potencial de transformação em cenários de vulnerabilidade à violência, sistematizando e disseminando o conhecimento produzido por e para profissionais envolvidos com o tema da segurança pública.

A primeira edição recebeu quase 50 inscrições, das quais dez foram finalistas e passaram a fazer parte da Casoteca FBSP de Práticas Inovadoras no Enfrentamento à Violência contra as Mulheres – que tem uma edição impressa e também podem ser consultada neste site. Finalmente, três delas foram escolhidas como práticas exemplares para receber o Selo FBSP 2017.

Nesta edição de 2018, além da área de segurança pública, também serão avaliadas iniciativas do sistema de justiça e as experiências vencedoras receberão o Selo FBSP de Práticas Inovadoras em uma cerimônia do Instituto Avon na cidade de São Paulo,  no dia 10 de dezembro de 2018.

Além das iniciativas ganhadoras, todas as outras finalistas estarão descritas nesta Casoteca digital.

EDITAL E INSCRIÇÕES

O Edital de seleção do Selo FBSP 2018 de Práticas Inovadoras é destinado ao reconhecimento do trabalho dos/as profissionais de segurança pública e da justiça articulados em rede para o enfrentamento à violência contra as mulheres.

Esse ano, as iniciativas serão avaliadas em  duas categorias diferentes:

  • Agentes públicos de segurança na ativa: Policiais Civis, Policiais da Técnico Cientifica/Perícia, Policiais Militares, Policiais Federais, Policiais Rodoviários, Corpo de Bombeiros Militar e Guardas Municipais.
  • Agentes do sistema de justiça criminal em articulação com órgãos da segurança pública ou outros órgãos do poder público municipal ou estadual e/ou sociedade civil. Entende-se por agentes da justiça criminal: integrantes do Poder Judiciário, dos Ministérios Públicos e Defensorias Públicas Estaduais e Federais.

A iniciativa deve estar ativa e em funcionamento há no mínimo doze meses. Faça o download do Edital completo e inscreva-se até o dia 03 de setembro de 2018, preenchendo a ficha de Inscrição. 

Só serão aceitas inscrições feitas pela internet, mas você pode fazer o download de uma cópia em PDF para preencher um rascunho da ficha se desejar.

EDIÇÃO 2017

Reconhecendo o trabalho dos profissionais de segurança pública no enfrentamento à violência contra as mulheres.

O Edital 2017 “Reconhecendo o Trabalho dos Profissionais de Segurança Pública” selecionou iniciativas de enfrentamento à violência contra as mulheres em uma ou mais de suas múltiplas formas – física, psicológica, patrimonial, institucional, ciberviolência, etc.

Na primeira fase foram selecionadas as iniciativas finalistas, que foram visitadas por uma equipe de pesquisadores do FBSP. A relatoria dessas visitas foi encaminhada para o Comitê de Seleção, que escolheu três vencedoras. As experiências vencedoras receberam o Selo FBSP de Práticas Inovadoras – 2017, em uma cerimônia na cidade de São Paulo, no dia 08 de março, dia internacional da mulher.

O QUE É A CASOTECA

A Casoteca FBSP de Práticas Inovadoras é um acervo de práticas, ações e projetos desenvolvidas pelas Polícias e Guardas Municipais e documentadas pela equipe do Fórum Brasileiro de Segurança Pública. Nesta primeira edição, o foco da Casoteca foi mapear e documentar iniciativas com foco no enfrentamento à violência contra a mulher.

A metodologia adotada inspirou-se no Prêmio Gestão Pública e Cidadania, desenvolvido pelo Centro de Estudos em Administração Pública e Governo da FGV/EAESP e buscou reconhecer e documentar práticas com potencial de transformação em cenários de vulnerabilidade à violência, sistematizando e disseminando o conhecimento produzido por e para profissionais de segurança pública.

Acesse a publicação completa

VEJA OS PROJETOS 2017

RONDA PARA HOMENS DA RONDA MARIA DA PENHA PMBA | SALVADOR (BA)

O Ronda para Homens é um subprojeto da Ronda Maria da Penha da Polícia Militar do Estado da Bahia (PMBA) e tem como objetivo sensibilizar e capacitar homens que residem em territórios vulneráveis à violência em Salvador e profissionais de segurança pública, promovendo mudanças culturais e reduzindo a reincidência entre os autores de violência.

Clique aqui para saber mais sobre o projeto.

REDE DE FRENTE – REDE DE ENFRENTAMENTO À VIOLÊNCIA DOMÉSTICA CONTRA A MULHER | BARRA DO GARÇAS E PONTAL DO ARAGUAIA (MT)

A Rede de Frente é uma articulação institucional que tem como objetivo qualificar a resposta pública à violência doméstica contra a mulher. A Delegacia Especializada de Defesa da Mulher (DEDM) é o ponto central da Rede, que articula Polícia Militar, Sistema de Justiça Criminal, Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS), Perícia Oficial, entre outras instituições.

Clique aqui para saber mais sobre o projeto.

NÚCLEO DE ESTUDO E PESQUISA EM VIOLÊNCIA DE GÊNERO E NÚCLEO POLICIAL INVESTIGATIVO DO FEMINICÍDIO | TERESINA (PI)

O Núcleo de Estudo e Pesquisa em Violência de Gênero é o projeto central de um conjunto de iniciativas de enfrentamento à violência contra a mulher desenvolvidas pela Polícia Civil do Estado do Piauí e tem como objetivo principal implementar e difundir um modelo de gestão orientado pela perspectiva de gênero nas organizações policiais.

Clique aqui para saber mais sobre o projeto.

PATRULHA MARIA DA PENHA BMRS | PORTO ALEGRE (RS)

A Patrulha Maria da Penha do Rio Grande do Sul foi criada em 2012 por iniciativa da Brigada Militar (BM) do estado, dando início à primeira experiência de patrulha no Brasil. Atualmente, está presente em 27 municípios do estado e integra uma ampla rede de atendimento, com a qual mantém contato permanente.

Clique aqui para saber mais sobre o projeto.

BABY: ESPETÁCULO DE CENA FÓRUM | BRASÍLIA (DF)

Baby: Espetáculo de Cena Fórum é uma peça de teatro elaborada e encenada por policiais civis e militares do Distrito Federal. A peça conta a história de uma mulher que está em um relacionamento abusivo com o marido e retrata situações diárias, suas vontades, pensamentos e violências sofridas.

Clique aqui para saber mais sobre o projeto.

PROJETO MULHER SEGURA MS | AMAMBAI (MS)

O Projeto Mulher Segura MS é uma iniciativa de atendimento a vítimas de violência doméstica baseado em três pontos: no esclarecimento sobre os direitos, sobretudo aqueles elencados na Lei Maria da Penha; no apoio sobre como e onde efetivar tais direitos e na fiscalização das Medidas Protetivas de Urgência (MPUs). É realizado pela Polícia Militar do Estado de Mato Grosso do Sul em unidades voluntárias para receber o programa.

Clique aqui para saber mais sobre o projeto.

COMISSÃO DE VIOLÊNCIA DOMÉSTICA DO HOSPITAL MILITAR | BELO HORIZONTE (MG)

A Comissão de Violência Doméstica do Hospital Militar de Minas Gerais (HPMIMG) foi criada em junho de 2009 e desde então tem desenvolvido diversas estratégias para identificar e cuidar de pessoas em situação de violência doméstica que são usuários/as do hospital, ou seja, os/as militares e seus dependentes.

Clique aqui para saber mais sobre o projeto.

RONDA MARIA DA PENHA PMAM | MANAUS (AM)

O projeto Ronda Maria da Penha da Polícia Militar do Amazonas (RMP-PMAM) visa à proteção de mulheres em situação de violência doméstica através da fiscalização do cumprimento de medidas protetivas decretadas pela justiça.

Clique aqui para saber mais sobre o projeto.

NÚCLEO DE ATENDIMENTO ESPECIAL À MULHER, CRIANÇA E ADOLESCENTE (NAMCA) | FORTALEZA (CE)

O Núcleo de Atendimento Especial à Mulher, Criança e Adolescente (NAMCA) é um órgão da Perícia Forense do Estado do Ceará (PEFOCE) que atende mulheres, crianças e adolescentes vítimas de violência. Localizado em Fortaleza, o núcleo realiza cerca de mil atendimentos por ano e visa aumentar a adesão da população à perícia médico-legal.

Clique aqui para saber mais sobre o projeto.

PATRULHA MARIA DA PENHA GCM E CASA DA MULHER BRASILEIRA | CAMPO GRANDE (MS)

A Patrulha Maria da Penha é uma divisão da Guarda Civil Municipal de Campo Grande especializada no atendimento humanizado a mulheres em situação de violência doméstica, sobretudo aquelas beneficiadas com Medidas Protetivas de Urgência (MPUs) concedidas pela justiça.

Clique aqui para saber mais sobre o projeto.

CONTATO

E-mail: selofbsp@forumseguranca.org.br

                                                                    Telefone: (11) 3081-0925

REALIZAÇÃO E PARCERIA